Hall de Entrada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hall de Entrada

Mensagem por Caroline Forbes em Seg Out 22, 2012 5:46 pm

avatar
Caroline Forbes
Vampiros
Vampiros

Mensagens : 188
Data de inscrição : 03/10/2012
Localização : Mystic Falls

Ficha Mística
MP:
50/50  (50/50)
Vida:
50/50  (50/50)
Nível : 7

Ver perfil do usuário http://mystic-falls.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hall de Entrada

Mensagem por Tyler Lockwood em Dom Jan 26, 2014 5:14 pm



O Reencontro - O pedido de Desculpas
Tyler Lockwood ф Caroline Forber ф Casa Da Carol


Every time we lie awake after every hit we take. Every feeling that I get but I haven't missed you yet. Every roommate kept awake by every sigh and scream we make. All the feelings that I get, but I still don't miss you yet. Only when I stop to think about it. I hate everything about you, Why do I love you?



Ela estava linda, estava vestindo um vestido tomara que cai azul, seus lábios mais provocativos do que o normal, ou pelo menos era oque achava, ela estava linda, meus olhos brilhavam ao vê-la andando desbloqueando a porta permitindo minha entrada. Certamente ela também iria a festa, oque me deixou feliz, qual seria sua reação se me visse na festa sem ela e o pior como reagiria se a visse desse modo? Não sabia mas não era hora de pensar no que faria e oque tivesse acontecido, era a hora para se declarar e decidir de uma vez por todas o caminho que queria seguir. - Você está linda Carol... - Sussurrei ao passar pelo seu lado.

A vi escorando na parede do hall de entrada, varri o local, ele me lembrava nossos momentos juntos e tudo que passamos, nossas brigas, nossas conversas...tudo. Tudo que vivi com ela se intensificou quando adentrei pela porta, fiquei em silêncio por alguns minutos somente admirando-a. Minha vontade era de largar tudo e correr para seus braços e beija-la, mas eu sentia que algo me impedia... sentia como se ainda tivesse um muro nos separando, e esse muro era eu. Eu tinha que me decidir oque queria... vingança ou o amor de minha vida. Bem, Carol primeiramente queria pedir-lhe desculpa, fui um tolo em deixa-la para buscar vingança. Comecei falando um pouco baixo escorado na parede a frente de Carol. - Sabe, desde o dia que eu fiz aquela escolha não tenho dormido direito, me perguntei todo dia se a escolha que fiz fora a certa, na verdade estou me perguntando agora. Ressaltei abaixando a cabeça lançando um olhar triste e indeciso.

A vingança me tornou um homem mais frio... eu nunca me viria escolhendo uma coisa sem ser você, meu coração lhe pertence, não me vejo com mulher alguma sem ser você Carol, tudo que passamos juntos, tudo que enfrentamos, é muita coisa para ser deixado de lado... Eu escolhi a vingança primeira mente pois sabia que não conseguiria viver com você sabendo que estaríamos correndo perigo e só estaria com você por que aquele original deixou.
Não citei o nome do Klaus pois não queria inclui-lo mais que o necessário naquela conversa.  Minha escolha dias atras mesmo que não acredite foi pensando em nós dois e em um futuro próximo, eu me imaginava livre dele e de todos, me imaginava livre para viver ao seu lado sem que não haja ninguém para nos atormentar . Falei agora sorrindo . Mas quando lhe deixei fiquei me perguntando, quando é que teremos paz sendo oque somos ? Caso algum dia Klaus nos deixe, viram outras coisas... nossa amor está destinado a ser provado todos os dias. Ressaltei me afastando da parede e caminhando em sua direção.

Depois de pensar nisso me vi varias outras perguntas se o caminho que eu escolhi era o certo, oque me garantiria que você me esperaria depois de tê-la largado por um mero sentimento, oque adiantaria se minha vingança fosse completada e não ter você para comemorar? Sussurrei agora em sua frente colocando minhas mãos na parede pressionando-a contra a mesma com nossos rostos um na frente do outro. Olhar em seus olhos me faz me apaixonar mais e mais, oque me fez escolher a vingança e sair de perto de você, foi você pois queria que fossemos felizes sem ninguém nos atrapalhando, mas oque me faz agora voltar para seus braços é você novamente, eu não consigo ficar longe do alcance de seu olhar, quero sempre pode-la te tocar. Falei acariciando levemente sua bochecha. Quero poder sentir seu cheiro e o seu calor, quero te amar! Indaguei abraçando-a. Sabe hoje venho a sua casa pedi perdão por minhas escolhas, sei que errei varias vezes e você estava la para me dar mais uma chance, e isso é oque te peço hoje... uma chance para provar do que sou capaz, para provar que meu amor por você rompera qualquer barreira. Acabei aproximados meus lábios aos dela esperando sua resposta pronto a beija-la.

trajes:





On fire, the passion burns in hot bodies! !

A falling star fell from your heart and landed in my eyes, I screamed aloud, as it tore through them, and now it's left me blind. I knew that somehowI could find my way back. Then I heard your heart beating, you were in the darkness too, so I stayed in the darkness with you. ― ♥️
avatar
Tyler Lockwood
Híbridos
Híbridos

Mensagens : 44
Data de inscrição : 25/01/2014
Localização : Na sua cama

Ficha Mística
MP:
55/55  (55/55)
Vida:
55/55  (55/55)
Nível : 8

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hall de Entrada

Mensagem por Caroline Forbes em Dom Jan 26, 2014 7:18 pm


             

Here We Go Again

 Tyler mexia comigo de um jeito que eu não sabia explicar. Mas mesmo eu tentando não ter, tentando esconder, tinha sentimentos por Klaus também e isso me deixava confusa. É claro que eu queria ter Tyler de volta, mas eu não sabia se era certo. Enquanto ele passava por mim e disse que eu estava linda, me arrepiei e deixei escapar um sorriso.
- Bom, você não está nada mal - Disse olhando para ele. Tyler ficou olhando para mim por uns cinco minutos, ele parecia estar pensando. Olhei para um relógio que tinha no Hall e vi que já eram 19:04 e eu nunca fui o tipo de pessoa que se atrasa. Limpei a garganta fazendo um pouco de barulho, tentando fazer ele voltar a realidade. Começou com um pedido de desculpas. Bom começo, mas já sabia que teria um discurso. Não diria que eu não faria porque seria mentira. Tudo que eu falava, tinha que ter um discurso. Ele estava encostado na parede a minha frente enquanto questionava a decisão que tinha tomado. Eu via claramente que ele estava triste e arrependido e vê-lo daquele jeito me dava um forte aperto no coração. Eu não podia chorar, tinha que ser forte. Encarava o chão enquanto ele continuava dizendo palavras que me deram vontade de chorar mais ainda e correr para seus braços e recuperar o que tinhamos. Será que ele estava mesmo arrependido?
Olhando o chão percebi sinal de movimento. Tyler vinha em direção a mim. Levantei meu rosto e olhei para seus olhos, que sempre me encantavam. Sua caricia em minha bochecha me fez arrepiar novamente.Sentia falta de seu toque, de sua caricias, de tudo. Acabei retribuindo seu abraço, mas não durou muito. Me soltei logo que percebi o que estava fazendo. Ele não havia conquistado minha confiança novamente. Se ele não tivesse dito tantas coisas assim, eu provavelmente teria deixado ele com o olho roxo. Ele estava pronto para me beijar, podiamos sentir a respiração um do outro. O empurrei levemente para me afastar e disse:
- Tyler, eu... Não sei o que dizer. Não posso voltar com você. Você perdeu minha confiança e somente palavras não podem mudar isso. Confiança é conquistada por diversos modos, e pelo que você fez, isso não resolve. Como vou saber se você não vai me trocar novamente?! - Dei uma pausa segurando minha lágrimas. Eu falava um pouco alterada, mas me controlava. Eu o amava. Respirei fundo, criei coragem e continuei - Isso foi o começo, mas precisará muito mais do que isso para me conquistar novamente.
Olhei para o relógio: 19:25. Corri até a sala de estar que era ao lado do hall e peguei minha bolsa, ainda me recuperando do que havia acontecido.
-Tyler, estamos atrasados e eu ainda preciso de uma carona. Já que está indo, pode me levar? - Sorri. Tinha que voltar a ser a Caroline alegre para a festa e não ficar pensando no que acontecera e lamentar. Teria tempo de sobra depois. Ergui uma sobrancelha esperando Tyler. Meus olhos ainda estavam com lagrimas que não deixaria cair em nome da maquiagem. Meu jeito de lidar com coisas dificeis é assim. Pensar em outra coisa e fingir estar alegre para depois sofrer sozinha mais ainda.

onde: My homeaqui com: Tyler Vestindo: Isso

                     



Última edição por Caroline Forbes em Seg Jan 27, 2014 5:33 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Caroline Forbes
Vampiros
Vampiros

Mensagens : 188
Data de inscrição : 03/10/2012
Localização : Mystic Falls

Ficha Mística
MP:
50/50  (50/50)
Vida:
50/50  (50/50)
Nível : 7

Ver perfil do usuário http://mystic-falls.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hall de Entrada

Mensagem por Tyler Lockwood em Dom Jan 26, 2014 7:53 pm



O Reencontro - O pedido de Desculpas
Tyler Lockwood ф Caroline Forber ф Casa Da Carol


Every time we lie awake after every hit we take. Every feeling that I get but I haven't missed you yet. Every roommate kept awake by every sigh and scream we make. All the feelings that I get, but I still don't miss you yet. Only when I stop to think about it. I hate everything about you, Why do I love you?



Sentia suas mãos me tocar, no fundo do peito queria que esse toque fora para corresponder meu beijo, mas percebia que fora um toque de afastamento, senti meus pés recuarem e me via agora um pouco distante dela, fechei os olhos tentando ser forte, buscando força, para não me jogar ao chão e suplicar seu perdão. Me afastei um pouco mais voltei o olhar para minha amada, percebia que a mesma se preparava para falar, me encolhi um pouco sabendo que oque vinha a seguir não era oque eu imaginava pois momentos atras recusara um beijo que pensei que seria o caminho para uma nova chance. A unica coisa que você precisa dizer é que me quer de volta... estou aqui suplicando seu perdão e o seu amor de volta... Não quero mais perder um segundo longe de você. Interrompi quando ela falou que não sabia oque fazer. Ela continuou a falar, e meu coração ia se apertando cada vez mais.

Como eu pude ser um tolo em escolher um vingança ao meu amor, a cada palavra dita me sentia um tolo e um idiota, meus olhos se fecharam, senti-os molhados quando os fechei, estava preste a desabar, eu não esperava aquela resposta... esperava um recepção calorosa ou qualquer outra coisa... Confiança...sim eu pequei neste sentimento, eu sei que errei e por isso estava ali pedindo seu perdão. Ela estava certa se eu quisesse reconquista-la teria que fazer mais do que falar, teria que conquistar a confiança novamente. Mas isso era o minimo que estava pensando naquela hora, será que ela ainda me amava ? Será que errei tanto a ponto de perde a unica coisa que me importo? Amava... pronto ela não me ama mais... isso fora a gota d'água, senti minhas pernas desabarem sobre o chão, quando me vi estava de frente para parede socando-a. "Isso Tyler você conseguiu perde a unica coisa que se importava com você e que você se importa" Pensei.

Mesmo após ouvir aquilo tudo eu conseguia sentir algo vindo dela, ou pelo menos queria acreditar que esse sentimento ainda residia dentro de seu corpo. Se fosse descrever oque eu achava falaria que seu amor era como um fogo ardente, que agora estava uma pequena chama fraca e desconfiada que necessita ser reerguida. Apesar de ter recebido um não, ainda tinha esperanças.. se nosso amor era tão forte assim... seria questão de horas ou dias para conseguir acender essa chama novamente, talvez agora carregava dentro de mim o amor que ela sentia por mim e o amor que sinto por ela, tinha que distribuir esse amor... tinha que devolve-la oque havia tirado, tenho que reconquista-la! E assim me virei para a mesma, o olhar triste ainda permanecia, mas ao fundo podia se ver a esperança e o amor que tinha por ela, meu olhar gritava oque estava sentindo naquele momento. "Eu a amo e a reconquistarei". E assim aquela conversa fora pausada, mas percebi que não tinha mais anda para conversar, tudo foi posto a mesa, oque me restava agora e despertar seu amor e sua confiança  novamente.

Será um prazer Caroline... Espero poder ocupar o vazio que eu deixei nesse tempo... vou preencher com mais amor, não farei com que desconfie de mim nunca mais.. você não tem ideia do tanto que te amo e do que sou capaz para tê-la de volta. Ressaltei erguendo a mão esquerda para frente enquanto abria a porta com a mão direita. Esperei a mesma passar e quando passasse projetaria na sua frente abraçando-a e beijando sua testa. Eu Te amo.. e provarei isso... não deixarei que nada mais nos atrapalhe. Sussurrei ao seu ouvido enquanto a abraçava.

trajes:





On fire, the passion burns in hot bodies! !

A falling star fell from your heart and landed in my eyes, I screamed aloud, as it tore through them, and now it's left me blind. I knew that somehowI could find my way back. Then I heard your heart beating, you were in the darkness too, so I stayed in the darkness with you. ― ♥️
avatar
Tyler Lockwood
Híbridos
Híbridos

Mensagens : 44
Data de inscrição : 25/01/2014
Localização : Na sua cama

Ficha Mística
MP:
55/55  (55/55)
Vida:
55/55  (55/55)
Nível : 8

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hall de Entrada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum