Missão MF • Louis • Bruxo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Missão MF • Louis • Bruxo

Mensagem por Louis Bettencourt em Sab Jan 25, 2014 4:02 pm


Detonando com tudo...
Boatos e mais boatos assombravam os bruxos residentes da cidadezinha de Mystic Falls. Os bruxos que nasceram na cidade estavam desaparecendo e depois de um tempo seus corpos sendo encontrados completamente aniquilados por perto da ponte. Os bruxos suspeitavam que fosse ataque de um vampiro ou híbrido com bastante força, no começo acharam que era algum animal, mas depois de rolar tantas mortes de apenas bruxos, tiveram tais suspeitas.  O bruxo francês, Louis, estava ciente de tais acontecimentos e estava mais relaxado por não ser um bruxo que nasceu em Mystic Falls, esperava que o que estava ocorrendo acontece depois de muito tempo com ele. O bruxo estava preparando-se para enfrentar tal abominação que estaria assombrando a cidade de Mystic. Treinava duro todos os dias e um belo dia, em um fim de tarde resolveu caminhar pela ponte da cidade, assim o fez. Foi de sua casa até a ponte, em uma caminhada tranquila, chegando a tal ponte o rapaz sentou na beirada e ficou observar as águas que estavam bem inquietas, então escutou ruídos de corrida em uma floresta próxima da ponte, ficou atento e com certo receio do que poderia ser aquele ruído, aguardou e logo viu um de seus amigos bruxos saindo do meio do matagal. Seu amigo estava todo ferido, parecia fugir de algo ou alguém, logo Louis correu até ele que já tinha desabado, olhou o rapaz ao chão e falou com ele de forma desesperada.
O que houve? O que te aconteceu? Falava meio que ofegante por estar desesperado por estar perdendo um grande amigo bruxo, olhava seu amigo começar agonizar e engolia em seco, logo com dificuldades escutou seu amigo que estava morrendo em sua frente responder.
— Louis, é um vampiro... Está na floresta, ele é poderoso e não consegui me livrar dele. — Logo que o garoto disse aquilo para Louis o mesmo fez um barulho estranho e pareceu estar morto, Louis abaixou a cabeça e agachou de uma forma normal, passou mãos nos olhos de seu amigo morto e os fez fechar, então se ergueu e gritou com todo raiva que estava sentindo.
Maaaldito... Eu irei te matar! Logo que Louis gritou isso, foi saindo com bastante pressa da ponte, já sabia o que teria de fazer depois disso ocorrer. Sabia que teria de vingar seu amigo e todos os bruxos que já tinham sido mortos de um jeito terrível. Então o bruxo com francês já estava decidido, iria encontrar o vampiro que estava fazendo aquilo e acabar com o mesmo.

Chegando perto de sua casa o bruxo avistou uma árvore bonita e que parecia ser resistente, abriu um sorriso com os vários pensamentos que passavam por sua mente um tanto diabólica. Então o rapaz pegou um machado que tinha na garagem de sua residência, logo derrubou a árvore, com ajuda de alguns matérias precisos que tinha em sua garagem fabricou duas estacas de um tamanho médio, bem pontudos e que pareciam ótimas para aniquilar um vampiro assassino. Para Louis iria ser moleza usar tais armas juntamente de suas habilidades em combate, seu passado tinha sido muito bom na questão do treino do rapaz, ele foi treinado por ladrões da alta na Luisiana e era considerado um dos melhores, antes mesmo de saber que era um bruxo.

Já no outro dia, com luz do sol prevalecendo, Louis vestia uma calça jeans de um tom de cor meio claro, uma camisa preta de gola V e um casaco de couro com bolso pelo lado de dentro, escondeu uma das estacas nesse bolso pelo lado de dentro do seu casaco de couro marrom, tentou deixar ela bem oculto neste local. Já a outra estaca que restava o rapaz guardou em sua cintura, deixando ela bem perceptível para quem o avistasse.
Não demorou muito e Louis Bettencourt partiu rumo à ponte, iria entrar pela floresta por aonde seu amigo veio, provavelmente ele estava na torcida para que os rastros que ainda restarem da fuga de seu amigo que estava agora morto o levasse até o causados daquilo tudo.
A ponte não era muito distante da residência do bruxo, então ele chegou rápido, percebeu que o corpo de seu amigo tinha sido levado, o pior que notou um rastro de sangue pelo chão que vinha do mesmo local que seu amigo saiu da floresta, ficou intrigado e pensativo sobre aquilo, começava imaginar que o feitor daquelas coisas horrendas tinha voltado para buscar o corpo do bruxo. Aquilo foi ótima para Louis, sorriu alegre com aquele ato burro do assassino. Após começou adentrar na floresta, seguindo os rastros de sangue e tecido das vestes que estavam pelo chão e galhos. Depois de andar por um tempo já estava bem á fundo na floresta, não conseguia voltar a civilização tão fácil caso deseja-se e ficou receoso sobre tal fato.
Andando mais um pouco levou um susto com barulho de corrida entre as árvores que lhe rodeavam, engoliu meio em seco, olhou para um lado e outro, então foi para uma parte que não tinha muitas árvores, era uma parte mais aberta com árvores ao redor, parou em uma posição estratégica e falou tentando manter a calma e demonstrar o ódio.
Apareça... Maldito. Logo que falou isso uma mulher que parecia uma adolescente parou em sua frente, isso uns sete metros, tal mulher olhou Louis com veias dos olhos ressaltadas e o olhar obscuro de um vampiro, aquilo fez o rapaz bufar e ficar perplexo que uma vampira tão linda estava fazendo aquelas coisas. Enquanto Louis analisava a vampira assassina ela sorria sedutoramente encarando o rapaz, ela parecia querer abusar de Louis e depois matar, parecia insana, aquilo fazia o rapaz recuar alguns passos para trás e dizer.
— Então, que tal rolar algo sem eu morrer? Tentava botar humor e tranqüilidade em suas falas, botava também um alto teor do seu sotaque francês para ajudar no jogo de sedução. Observou a vampira ficar normal e respirou fundo dando uma relaxada, estava achando que ela estava caindo em seu jogo, logo a vampira disse algumas palavras que decepcionaram o bruxo, tais foram elas.
— Rolar algo? No máximo eu queria brincar contigo, curto mulheres, bruxo imundo! — Aquelas palavras ficaram atormentando o bruxo, sua mente ficou conturbada e ficou com mais raiva ainda ao seu ofendido por ela, então Louis agachou-se e falou com calma.
Ok, ok... Vamos brincar de outro modo então.  Ao dizer isto mantinha seu olhar nela, esperava que ela fizesse algo e com cuidado pegou algumas pedras ao chão. Então se levantou e quanto iria ativar um de seus feitiços a vampira lhe deu um soco com força média no rosto e pegou a estaca de sua cintura. Ela jogou estaca para trás e aproveitou que o bruxo parecia tonto para dar-lhe um empurrão com o pé, o fazendo cair para trás. Ele caiu de joelhos e soltou as pedras, jogou o capuz de seu casaco sobre sua cabeça e curvou seu corpo, tentando tapar o campo de visão da monstruosa vampira, nisto ele falou muito baixinho e como á vampira achava ele fraco, apenas observou esperando que tivesse alguma diversão.
Veniat ad me, ventos erunt novissima...  Nisto uma ventania estranha rondou aquele local, era energia da natureza se manifestando. Um pouco de sangue escorria de uma das narinas do bruxo que levantava seu rosto, olhando a vampira e dando um sorriso completamente louco, riu e colocou suas mãos de lado sem levantar, então fez movimento com mãos de lado em direção a vampira, controlava algumas rajadas de ar para lançar a vampira para trás e até causar danos físicos nela, quanto mais controlava o ar mais sentia o sangue escorrer de suas narinas, sua visão dava uma embaçada e ele tentava manter o foco, parou de usar a magia dos ventos e curvou seu corpo como antes, agora com seus braços por dentro do casaco e encobertos, então pegou sua estaca reserva no bolso de dentro de sua veste superior, com um pouco de força que lhe restava o rapaz viu vampira vir para cima com tudo, como uma louca, então empurrou seus pés com força contra o chão e aproveitou a velocidade que ela vinha para enfiar estaca de madeira no coração dela, os dois caíram, Louis caiu sobre a vampira que já deveria estar morta naquele momento. Em seguida o bruxo também apagou por completo, acordou horas depois, meio dolorido e saiu daquele local mancando, só que sem perder o ar de vitorioso.



Jamais irriter une sorcière française! Le Diable Blanc...
Thanks Maddoll @ TPO



Louis Bettencourt
Tks: Liiz@ TPO

avatar
Louis Bettencourt
Bruxos
Bruxos

Mensagens : 56
Data de inscrição : 24/12/2012
Idade : 22
Localização : Vagando pelos locais mais sombrios da França u.u

Ficha Mística
MP:
35/35  (35/35)
Vida:
35/35  (35/35)
Nível : 4

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão MF • Louis • Bruxo

Mensagem por Samuel Colt em Sab Jan 25, 2014 8:53 pm

Avaliação

Gostei da historia e tal fico bem legal só o modo que matou a vampira que fico faltando alguma coisa sei lá, mais para o nível e poderes que usou fico tudo bem.


Recompensa


1° Um grimório elemental do bruxo que morreu em seus braços
2° nível 4 (Aproveite que agora não tem como ganhar mais 2 níveis).
3° Feitiços de nível 3 e 4 desbloqueados do seu grimório.
4° Dinheiro R$ 1000,00


Se você passar muito tempo pensando em uma coisa, não vai conseguir obtê-lá.

Samuel Colt

Mensagens : 27
Data de inscrição : 29/12/2013
Localização : *-*

Ficha Mística
MP:
55/55  (55/55)
Vida:
55/55  (55/55)
Nível : 8

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum